Total de visualizações de página

domingo, 24 de abril de 2011

Escritos Meus



Para que construir um mundo, se eu posso reconstruir a realidade?


Não é o "acreditar" que me incomoda, e sim o "ter que acreditar".


Para que seguir o padrão, se  eu posso caminhar com a razão?


Adoro as peripécias que o acaso me reserva!!! Adoro um "por acaso", essa expressão-instante, essa locução tão adverbial, tão repentina e espontânea, e tão capaz de me fazer sorrir.


 O marginalizado só é marginal porque alguém o marginalizou. Já parou para pensar isso, sociedade???


Rompendo com a cultura, com o conhecimento, com o fazer humano, com o conceito que o mundo atribui ao mundo.


"Viver é arte. Sofrer faz parte.


O pior egoísta é aquele que não partilha sua vida com os outros.


Mais belas que as palavras são as lágrimas.


Sinto dor. Logo, existo.


Nem triste, nem contente... Lírico!!!Lírico, ainda que um tanto grave


Uma ferida, no coração, é sempre uma ferida - sempre fica aberta -, nunca cicatriza.


É a vontade de ser melhor que me torna melhor. Não posso submeter-me a mim mesmo.


Dormir? É luxo de quem já se formou...




Renato Marques

2 comentários:

  1. "Na vida há muitos caminhos, mas não há mais salvação. Se a vida não tem sentido, prefiro seguir na contra-mão."

    ResponderExcluir